Grass Roots Public Diplomacy – Uma nova forma de pensar a Diplomacia Pública

“In such turbulent times, it is important for all of us to be public relations professionals for humanity” – (Payne, 2005, p.131)

Gregory Payne, Professor no Departamento de Estudos da Comunicação da Universidade de Emerson, perito em Diplomacia Pública, apresenta uma abordagem de Diplomacia Pública, baseada na compreensão mútua e nos esforços dos cidadãos comuns, que visa diminuir a divisão entre culturas e pessoas.

O cidadão comum, segundo o autor, pode ajudar a catalisar a mudança, mesmo num sistema autocrático e totalitário. Sempre que nos impomos por um ideal, mostramos um ato de esperança, que incentiva a reunião de esforços para moldar o futuro e construir pontes sobre os problemas sociais que enfrentamos.

Vivemos numa sociedade global cada vez mais interligada e interdependente. Uma sociedade que nos oferece novas oportunidades, mas que nos impõe novos desafios e problemas sociais.

Estes problemas estão muitas vezes enraizados nas diferenças culturais, religiosas, económicas e ideológicas das sociedades. Payne critica o facto de que, na maior parte das vezes, estas lacunas são acentuadas pelos news media, que comprometem o interesse publico por questões sérias. O propósito da comunicação, segundo o autor, é acentuar o que partilhamos em comum e cultivar a compreensão, que ajuda a nutrir o respeito pelas diferenças. Apesar dos novos avanços tecnológicos ainda existem dificuldades de comunicação.

Payne afirma que os públicos têm mais confiança nas empresas do que nos governos, devido, em grande parte, à incapacidade dos governos em resolver conflitos e problemas sociais.

A incapacidade de resolução destes conflitos e problemas sociais por parte dos governos incentivou a consideração de esforços através dos quais cada um de nós pode ajudar a resolver conflitos, tanto a nível local (problemas nas comunidades locais que abrangem tópicos como a segurança e oportunidades económicas, como a nível global, abrangendo problemas como conflitos de guerra).

Esta forma de Diplomacia Pública, que o autor distancia dos programas de Diplomacia Pública empreendidos pelos Governos, consiste em programas pensados e criados pelos públicos, nos quais existe um sistema de comunicação sinergético. O modelo de comunicação sinergético, no qual ambas as partes comunicam de forma simultânea, permite o desenvolvimento do pensamento critico, indispensável para a resolução de problemas e para a compreensão de perspetivas diferentes. Este modelo de Diplomacia Pública incentiva a compreensão através da comunicação: só uma comunicação aberta e honesta é capaz de exterminar a desconfiança e o medo.

A criação de uma liderança baseada na comunidade, que incentiva os cidadãos a participarem na construção de respostas para por fim a problemas sociais, parte dos esforços das Relações Públicas. Deve ser adotada uma atitude proactiva face aos problemas e cultivar o respeito pelas nossas diferenças.

Só assim é possível construir uma ponte sobre a divisão entre culturas e pessoas. Payne defende ainda que o diálogo entre as partes deve ser baseado num sistema de valores forte, como a amizade e a família. O objetivo não é eliminar as diferenças que caracterizam diferentes culturas e pessoas, mas sim aproximá-las, através da discussão de pontos em comum.

Grass Roots Public Dipomacy tem muito para oferecer à área da comunicação organizacional. O uso desta abordagem pode ajudar a construir o ethos das organizações e o apoio das empresas a estes programas trará benefícios imediatos e a longo prazo tanto para a organização como para a comunidade, para os cidadãos e para a sociedade.

Interessa, mais adiante, estudar casos em que organizações tenham posto em prática a abordagem Grass Roots Public Diplomacy e discutir os seus resultados, tanto para a organização como para a comunidade. Interessa também aprofundar o estudo sobre os princípios deste modelo e perceber os benefícios que este oferece tanto para as organizações como para as comunidades.

Bibliografia: PAYNE, J. G. (2005). The Chanllenges of Public Diplomacy for the Global Citizen and Corporation. Comunicação Pública nº 4.

Advertisements

One Comment Add yours

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s